PPL - Crowdfunding Portugal. Plataforma disponível em PPL.com.pt

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Entrevista à ONGD Sopro

A ONGD Sopro - Solidariedade e Promoção está a dinamizar uma campanha de crowdfunding no PPL: Camila Castelo na Universidade! >>> Seja Solidário. Esta campanha, a mais de duas semanas do final do prazo, conseguiu superar o montante destinado a financiar as propinas universitárias de Camila em Moçambique! A coordenadora de eventos da organização, Susana Falcão, aceitou responder a algumas perguntas. É informação certamente muito valiosa para quem quer angariar financiamento para projetos sociais. Agradecemos a partilha da Sopro e mais uma vez parabéns!


PPL: Qual foi a vossa estratégida de divulgação?
SOPRO: ​U​tilizamos como canais de divulgação:

  • O Youtube com as publicações dos videos
  • Facebook com publicações pagas, criação evento e publicações regulares e diferentes
  • Publicação dos apoios conseguidos e informações da situação da Camila
  • Destaque da campanha no cabeçalho do facebook e no topo dos eventos a publicação com link direto à campanha
  • Instagram publicações regulares
  • Envio de emails à base de dados da SOPRO
  • Envio de informação para os meios de comunicação locais

PPL: Quais foram os principais desafios?
SOPRO: ​Chegar ao nosso publico de forma credível, foi a principal preocupação. Esta campanha desde início teve uma boa aceitação e começámos logo a ter bons apoios, notámos que ao fim-de-semana não havia grande feedback embora houvesse um reforço na divulgação, mas na segunda-feira chegavam uns quantos apoios seguidos. Quando achámos que havia menos reacção por parte do público publicámos fotos diferentes da Camila. ​


PPL: O sucesso foi uma boa surpresa durante a campanha?
SOPRO: Sim, apesar de acreditarmos que a campanha iria correr bem, correu melhor do que o esperado. Houve uma boa aceitação por parte dos doadores.


PPL: Qual a importância do vídeo?
​SOPRO: Muito importante​ e neste caso de extrema importância, apesar das enormes dificuldades que a Camila teve para o fazer. Teve de criar um texto treinar várias vezes, pedir um telemóvel emprestado com câmara e pedir à nossa voluntária que está em Moçambique para enviar o video, porque não tinha como o fazer. SolicitÁmos também fotografias que para Camila exigiu preocupação em estar bem nas fotos para que as pessoas a conhecessem.


PPL: Qual a importância das recompensas?
SOPRO: Apesar de achar que é uma mais valia, no caso da Camila penso que na maioria não pesou, visto que os doadores optaram pelo anonimato.


PPL: Mais algum comentário ?
SOPRO: ​Penso que o PPL também faz um importante acompanhamento, primeiro na fase de "produção" da campanha dando algumas dicas importantes, como a duração da campanha, fornecendo as dicas no site e até o contacto telefónico para agilizar o processo. Ficámos agradavelmente surpreendidos por ver que fizeram uma publicação paga no facebook da campanha da Camila, demonstra interesse em que as coisas corram bem. É também muito positivo cada mensagem que recebemos no email a informar que recebemos mais um donativo. É motivador e levou-nos a criar uma publicação especial para a agradecer o donativo: tal como fazem no email, nós fazemos no facebook.

Sem comentários:

Enviar um comentário