PPL - Crowdfunding Portugal. Plataforma disponível em PPL.com.pt

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Projeto MaisTerra

A equipa de jovens empreendedores do projecto MaisTerra, partilha os desafios e as iniciativas que se colocaram durante a sua campanha de crowdfunding. Resta-nos agradecer a confiança e desejar o maior sucesso para esta iniciativa louvável.



O Projeto MaisTerra foi pensado como um projeto que viria responder a várias necessidades identificadas no setor agroalimentar do Pinhal Interior Sul. Uma vez que o projeto visava ajudar os pequenos produtores portugueses a escoar a sua produção, incentivando assim a economia local e nacional, pensámos que a adesão à campanha de angariação de fundos, através de crowdfunding, seria uma boa aposta e que teria adesão. 

Pesámos os vários fatores na balança, analisámos vários projetos que já tinham sido bem-sucedidos com o financiamento, fizemos comparações e afins. No entanto, quando lançámos a campanha apercebemo-nos que afinal não estávamos a ter tanta adesão quanto esperado. Depois de falarmos com as pessoas, apercebemo-nos que muitas pessoas não aderiam porque achavam o processo demasiado complicado e, para elas, dava-lhes demasiado trabalho ou simplesmente não percebiam. Tentámos contornar a situação publicando, por várias vezes, na nossa página do facebook um passo-a-passo de como contribuir e falando também directamente com as pessoas, mas o problema permanecia.

Para além disso, tivemos também alguma dificuldade em reunir apoios de pessoas que queriam contribuir mas que não possuíam conhecimentos de informática básicos e, o facto de o processo ser quase todo online, dificultava a adesão. Por outro lado, pessoas que eram de locais bastante distantes da nossa região tiveram conhecimento do nosso projeto através da plataforma do PPL, tendo constituído a maior fatia de dinheiro contribuído, o que foi algo bastante positivo. A ajudar a esse aspeto, esteve também a divulgação do nosso projeto na Económico TV, através da parceria que estes têm com o PPL.

Para além do passa-a-palavra, da entrevista na ETV e da divulgação e dinamização da campanha na página oficial do projeto, organizámos também uma festa que nos possibilitou angariar algum dinheiro e fizemos ainda um sorteio de rifas do Natal. Estas iniciativas permitiram-nos angariar algum dinheiro que, no fim, colocámos no PPL para atingir o valor mínimo de 2.000€ que tínhamos inicialmente estabelecido.

Assim sendo, e em retrospetiva, o único ponto que teríamos feito diferente teria sido o montante mínimo a angariar inicialmente definido, que teria sido cerca de 1.000€.

Sem comentários:

Enviar um comentário